António Costa transmitiu este dado na sua conta pessoal na rede social Twitter, depois de ter participado em mais uma reunião sobre a evolução da situação epidemiológica em Portugal, no Infarmed, em Lisboa, com a presença do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, do presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, representantes de partidos, membros do Conselho de Estado e parceiros sociais.

Desta reunião, o primeiro-ministro destacou a informação de que o plano de vacinação "tem como meta chegar ao final da semana com 80% dos maiores de 80 anos inoculados".

"Nos próximos dias, mais de um milhão de portugueses estarão vacinados com uma dose e meio milhão com duas doses da vacina", frisou.

Em relação à situação epidemiológica do país, António Costa considerou que se mantém "estável" em Portugal, assistindo-se a uma "redução do número de casos covid-19".

"No entanto, o risco efetivo de transmissão está a aumentar. Não obstante o desconfinamento em curso, é muito importante manter todas as cautelas e aplicar as medidas de prevenção", advertiu o primeiro-ministro.

Portugal registou hoje 10 mortes relacionadas com a covid-19 e 434 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 743 doentes (menos 28 do que na segunda-feira), o número mais baixo desde 06 de outubro, dia que estavam internadas 732 pessoas.

Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 159 doentes (menos seis em relação a segunda-feira), o valor mais baixo desde 18 outubro, dia em que Portugal tinha 155 doentes nestas unidades.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.