Na véspera da abertura oficial das quatro praias do município galardoadas com a Bandeira Azul, foi instalado um sistema de semáforos e sinalética de contagem da 'capacidade de carga' de cada praia, que tem como base os dados da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Em declarações à agência Lusa, a vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Oeiras, Joana Baptista, explicou que o investimento realizado pela autarquia, tendo em conta todas as medidas implementadas de segurança nas praias, rondou meio milhão de euros.

“Este ano o mundo inteiro vai ter de viver com o vírus e, em Oeiras, preconizamos todas as normas de segurança determinadas pela Direção-Geral da Saúde e pela Agência Portuguesa do Ambiente. Tivemos de reorganizar funcionalmente os areais das praias, com a introdução de entradas e saídas, a colocação de corredores principais, além da sinalética”, começou por explicar.

Segundo a responsável, será a sinalética de contagem, “com Oeiras provavelmente a ser o único município do país a dispor do sistema físico”, uma medida de “segurança adicional e de conforto”, tanto para os visitantes de Oeiras como para os próprios moradores no concelho, e que permite consultar, ainda em casa, uma ‘app’ fornecida pela APA, através da qual se percebe a taxa de ocupação das praias, e se está ou não com a ocupação plena.

De acordo com a APA, as praias do município de Oeiras autorizadas a banhos permitem a permanência no areal de 9.800 banhistas, sendo a praia de Santo Amaro de Oeiras aquela que permite um maior numero, com 4.100 utilizadores, seguida da praia da Torre, com 3.000, Caxias com 1.700 e Paço de Arcos com mil.

Joana Baptista explicou ainda que "o sinal verde do ‘semáforo’ refere que a ocupação do areal é baixa, o amarelo que é elevada e o vermelho que está no seu pleno de ocupação”.

De fora da sinalética estão as praias da Cruz Quebrada e Dafundo e também a praia de Algés, onde, embora sejam permitidos a estada e banhos de sol, "não são permitidos banhos de mar”, adiantou.

A vereadora lembrou também que o atraso na abertura das praias do concelho para 10 de junho, e não na segunda-feira passada, como no restante país, teve a ver com o facto de a autarquia ter feito tudo de forma a ter no terreno “todas as medidas de segurança implementadas”.

“Apoiando também os concessionários, a autarquia fez a contratação de 22 nadadores salvadores para a assistência aos banhistas", e de "todos os equipamentos necessários para o efeito”, acrescentou Joana Baptista.

A autarquia vai ainda desenvolver, várias vezes ao dia, uma limpeza e desinfeção regular dos equipamentos e principais superfícies de contacto, como tampas dos ecopontos, chuveiros, lava-pés, instalações sanitárias, papeleiras e corrimãos.

Foram ainda colocadas instalações sanitárias de apoio à prática balnear na Praia de Santo Amaro, Paço de Arcos e Caxias, além de painéis informativos nos parques de estacionamento e nas entradas das praias, com informação sobre as entradas e saídas disponíveis, equipamentos de apoio à prática balnear, corredores de circulação e zonas reservadas a grupos escolares e pessoas com mobilidade reduzida.

Para que seja possível respeitar a capacidade máxima de cada praia, de forma a garantir o distanciamento social de segurança, foram limitadas as entradas no areal através da colocação de baias.

Também os parques de estacionamento informais foram fechados, como é o caso da Fontaínhas. Já em relação aos parques de estacionamento formais, foram limitados os dias de utilização no estacionamento do Jardim Municipal de Oeiras, que estará encerrado aos fins de semana e feriados.

A praia de Paço de Arcos vai contar também, aos fins de semana, com uma cabine de desinfeção contra a Covid-19, que permite descontaminar, de forma rápida e segura, o corpo humano, vestuário, sapatos e outros materiais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.