Segundo o autarca, os infetados distribuem-se "entre quinze utentes e quatro funcionários".

"Esta manhã a subcomissão de covid-19, acompanhada pela Segurança Social e pelo Delegado de Saúde, esteve no local e verificou-se que o lar possui condições físicas para a separação dos casos positivos dos negativos", afirmou o autarca, garantindo que a situação "está monitorizada e estabilizada".

Marco Martins afirmou "desconhecer se os casos positivos estão assintomáticos ou com sintomas ligeiros" bem como o total de utentes no lar gerido pelo Centro Cultural e Desportivo da Segurança Social do Porto, que a Lusa tentou, sem sucesso, contactar durante a tarde de hoje.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.507.480 mortos resultantes de mais de 65,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.