Num balanço à agência Lusa, o autarca Luís Simão explicou que, na última semana, morreram mais dois idosos do Lar Santa Isabel da Misericórdia de Pavia, onde “todos os 24 utentes” acabaram por ser infetados, o que eleva para seis o total de óbitos.

O surto infetou também um total de 13 funcionárias, uma das quais encontra-se internada nos cuidados intensivos do Hospital do Espírito Santo de Évora.

Seis das 13 funcionárias infetadas foram, entretanto, dadas como recuperadas, indicou o autarca, que disse não possuir informação de que o mesmo se passe com algum dos 18 utentes infetados que sobreviveram.

Os outros dois surtos registados anteriormente em lares do concelho, no Centro Paroquial de Nossa Senhora da Purificação e na Associação de Cabeção de Solidariedade aos Trabalhadores Idosos (ACSTI), também estão encerrados.

Ambos estão, por isso, entre as instituições do concelho de Mora onde prossegue, desde quarta-feira, a campanha de vacinação contra a covid-19.

Os utentes da Misericórdia de Mora, tanto do lar, como da unidade de cuidados continuados, estão mesmo a receber já a segunda dose da vacina.

Segundo o autarca, continuam “a aparecer alguns casos” na comunidade, mas também a esse nível “as coisas estão mais calminhas”.

“Desde sexta-feira, apareceram mais quatro casos, mas são todos de contactos com infetados que já eram conhecidos”, justificou Luís Simão.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.176.000 mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.305 pessoas dos 668.951 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.