Constança Urbano de Sousa afirmou que a criminalidade violenta e grave registou menos 1.203 ocorrências nos seis primeiros meses do ano face a período homólogo de 2015, representando uma descida de 12,6 por cento.

A ministra adiantou que também no primeiro semestre deste ano se verificou uma diminuição de 13.783 participações, o que representa uma descida da criminalidade participada de oito por cento relativamente aos primeiros seis meses de 2015.

“Recordo que, em 2015, verificou-se uma certa inflexão da tendência de descida da criminalidade participada, motivada, sobretudo, pelo aumento de crimes participados decorrentes da proatividade policial e do registo de crimes que não existiam em 2014, nomeadamente o mau trato a animais de companhia”, disse ainda Constança Urbano de Sousa.

A ministra está hoje a ser ouvida na Assembleia da República sobre o Orçamento do Estado para 2017, numa audição conjunta das comissões de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e a Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas e a Comissão de Agricultura e Mar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.