"Se o CDS local, e volto a dizer que é uma decisão da concelhia de Castanheira de Pera, entende que é a melhor solução, pois, não temos razão para duvidar dessa escolha", afirmou Assunção Cristas aos jornalistas no final de uma visita a uma instituição social de Marvila, na qualidade de candidata à Câmara de Lisboa.

Questionada sobre o apoio do partido à lista para a Câmara Municipal de Castanheira de Pera "Todos por Castanheira" (CDS-PP/MPT), que integra, em segundo lugar, a cantora Ágata, a líder centrista começou por acentuar que as "decisões de apoio local são precisamente locais, ou seja, é a concelhia do CDS local, no caso, de Castanheira, que decide quem é que apoia e como é que apoia".

"Há 14 situações destas, em que o CDS apoia listas de independentes. O caso mais visível é o do Porto, com o presidente Rui Moreira. É uma decisão local e eu creio que é positivo haver gente envolvida e interessada também em fazer política nas suas terras, embora estejam fora da política", declarou.

Na sua página na rede social Facebook a cantora Ágata divulgou um comunicado em que confirma que foi convidada para fazer parte da lista "Todos por Castanheira" em segundo lugar.

"Não posso ficar indiferente às carências e necessidades do um povo que sofreu uma tragédia que chocou o país inteiro, para além de cantora não deixo de ser um ser humano .... posso não perceber muito (ou nada) de política mas, sou uma mulher do povo e sei muito bem das necessidades de quem me rodeia", afirmou a artista popular.

A lista de coligação CDS-PP/MPT é encabeçada por Miguel Barajona. Concorrem também à presidência da Câmara Municipal de Castanheira de Pera Gonçalo Lopes (PS), Alda Correia (PSD) e Manuel Lopes da Costa (CDU).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.