Iñaki Urdangarin levantou hoje pessoalmente no tribunal de Palma de Maiorca o mandado de prisão, depois de na terça-feira o Supremo Tribunal ter reduzido a pena aplicada inicialmente por um juiz dessa Comunidade Autónoma por delito de peculato, invasão, fraude à administração e crimes fiscais.

Segundo a justiça espanhola, o marido da infanta Cristina, irmã de Felipe VI, utilizou as suas ligações à família real para ganhar concursos públicos para organizar, entre outros, eventos desportivos, tendo em seguida desviado fundos para a Aizoon, uma empresa que geria em conjunto com esposa e utilizava para financiar o seu estilo de vida luxuoso.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.