“Foi a primeira vez que um inseto polinizador coberto com grãos de angiospermas da era dos dinossauros foi descoberto e justamente quando essas plantas começaram a ser muito importantes nos ecossistemas terrestres”, explicou Eduardo Barrón, pesquisador do Instituto Geológico e Mineiro de Espanha e especialista em pólen fóssil.

A investigação teve início no Museu Americano de História Natural, quando foi descoberta uma vespa com o ferrão coberto de grãos de pólen numa amostra de resina.

As plantas com flores das quais a vespa se alimentava, poderiam ser encontradas na vegetação rasteira e em áreas costeiras de correntes de água e lagoas.

A descoberta foi publicada na Communications Biology, da revista Nature, informou o Instituto Geológico e Mineiro de Espanha.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.