"Devido ao desembarque irregular de um voo de origem internacional, houve necessidade de evacuar a sala de embarque internacional nos termos do protocolo de segurança, de forma a rastrear novamente os passageiros", refere a ANA numa nota enviada à Lusa.

De acordo com a concessionária, a situação de desembarque ocorreu por volta das 10:40, tendo o processo de rastreio sido concluído às 12:30.

Fonte da PSP de Lisboa disse à Lusa que a polícia foi chamada para uma ocorrência no aeroporto pelas 10:30 por causa da chegada de um voo proveniente da Turquia, uma zona fora do espaço Schengen, cujos passageiros deveriam ter sido desembarcados na zona internacional e não o foram.

À PSP coube "isolar e encaminhar de modo correto todos os passageiros e funcionários que estavam naquela área e submeter o espaço a novos procedimentos de segurança para que aquela zona voltasse a ser considerada como área limpa e segura", acrescentou a mesma fonte.

Pelas 11:45, a PSP deu como terminada a sua intervenção na operação, que "decorreu sem problemas no que diz respeito à ordem pública", disse.

(Notícia atualizada às 16h13)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.