Em comunicado, o Destacamento Territorial de Portalegre da GNR explica que o jovem, detido na quinta-feira, é suspeito de ter ateado um fogo em que ardeu cerca de 1,5 hectares de floresta, junto aldeia de Fortios.

O jovem foi internado compulsivamente num centro de acolhimento de menores, por decisão do tribunal a que foi hoje presente.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.