Em comunicado, a PJ afirma que elementos do Departamento de Investigação Criminal de Leiria recolheram elementos de prova que determinaram a detenção do suspeito, fora de flagrante delito.

“O detido, um homem de 53 anos de idade, é suspeito de ter ateado três focos de incêndio, com recurso a chama direta, que lavraram numa área densamente povoada com eucaliptos e nas proximidades de áreas urbanas, obrigando à intervenção de diversas corporações de bombeiros e outros meios de combate”, refere a nota.

O arguido vai ser presente às autoridades judiciárias para realização de primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação, acrescenta.

O incêndio, que deflagrou a meio da tarde de quinta-feira numa zona de floresta em Tomar, com alerta às 16:52, foi dado como dominado cinco horas depois, tendo sido combatido por mais de 100 operacionais, 32 viaturas e cinco meios aéreos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.