Segundo a mesma fonte, as detenções surgem “na sequência de um trabalho conjunto entre esta Direção-Geral e a Polícia Judiciária de Leiria” e realizaram-se “com o devido mandado judicial”.

“Foram efetuadas buscas no Estabelecimento Prisional de Leiria, tendo sido detidos dois elementos do corpo da guarda prisional por indício da prática de crimes de corrupção, sendo que o processo se encontra em segredo de justiça”, acrescenta a mesma fonte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.