Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, adianta que “depois de detetar potenciais alvos, intercetou e procedeu à detenção em flagrante delito de dois homens, de 29 e 37 anos de idade, que, atuando em conjugação de esforços, procuraram colocar em circulação 2.310 maços de tabaco”.

De acordo com a autoridade, os suspeitos agiam de “forma organizada”, demonstrando ter “tarefas definidas” para transportar o produto do contrabando para ser introduzido no mercado em território nacional, sem o apresentar à Autoridade Tributária e Aduaneira, dispensando as formalidades de despacho e pagamento dos impostos devidos.

Os dois homens foram surpreendidos na entrada para o metropolitano, junto ao Aeroporto Humberto Delgado, quando se preparavam para abandonar o local, de acordo com a PSP.

Durante a ação, a PSP apreendeu 2.310 maços de tabaco, com um valor de mercado de 11.550 euros, além de sete etiquetas de bagagem de porão, quatro malas de porão, três telemóveis e ainda 8.500 kwanzas (cerca de 16 mil euros) e 400 euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.