O alerta para o acidente de trabalho, numa vala que estava a ser aberta para instalar condutas, foi dado às 12:12, tendo ambos os trabalhadores ficado soterrados por terras e pedras.

O ferido grave, de 58 anos, foi o primeiro a ser resgatado e transportado para as urgências do hospital de Portalegre, indicou à Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

“O ferido grave esteve sempre consciente e orientado, a colaborar nos trabalhos de socorro”, disse Jorge Marques.

Segundo o responsável dos bombeiros, a vítima mortal, na casa dos 50 anos, foi retirada cerca das 15:00.

Em declarações aos jornalistas no local, Jorge Marques assegurou não haver mais nenhum trabalhador atingido pelo deslizamento de terras e pedras, ocorrido no centro da zona industrial de Portalegre.

As vítimas são trabalhadores de uma empresa que está a executar uma empreitada de instalação de condutas de abastecimento de água, saneamento e águas pluviais numa das artérias da zona industrial, segundo explicou à Lusa fonte do município.

Uma parte da vala desmoronou e os dois trabalhadores ficaram soterrados por pedras e terras, referiu fonte policial.

As operações de socorro mobilizaram 21 operacionais, auxiliados por oito veículos, incluindo bombeiros, INEM e PSP.

(Notícia atualizada às 16h07)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.