O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou hoje que o seu encontro com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, será a 12 de junho em Singapura.

"O muito aguardado encontro entre Kim Jong Un e eu vai acontecer em Singapura a 12 de junho. Ambos vamos tentar fazer dele um momento muito especial para a Paz Mundial", escreveu Donald Trump na conta oficial do Twitter.

O anúncio surge depois de Trump e a mulher, Melania, receberem esta madrugada, numa base aérea próxima de Washington, os três cidadãos norte-americanos que estavam detidos na Coreia do Norte e que viajaram acompanhados pelo secretário de Estado, Mike Pompeo.

O presidente norte-americano falou por telefone com o líder da Coreia do Sul, Moon Jae-in, a quem expressou a esperança de que a libertação dos três detidos pudesse impactar positivamente o encontro com Kim.

Em março, Trump surpreendeu o mundo ao aceitar um convite de Kim para realizar uma reunião, com o objetivo de conter uma escalada de tensões na península coreana.

A Casa Branca insiste que a prioridade do governo é obter a eliminação total do programa de armas nucleares do governo norte-coreano.

Pyongyang, por sua vez, defende a desnuclearização da península coreana, numa referência clara à enorme presença militar americana na Coreia do Sul.

Depois de anos de tensões e sanções cada vez mais rigorosas sobre os programas nucleares e de mísseis da Coreia do Norte, o diálogo com a península rapidamente acelerou — e conta com vários interlocutores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.