Não sejas mau pra mim, oh oh oh oh
Eu só te quero a ti, oh oh oh oh

[Assuma, independentemente da sua idade, que já cantarolou esta hoje. Não diga que não]

Não é do tema que representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção 1986, na voz de Dora, que falamos. A Dora, por estes dias, é outra. Uma depressão que pintou de branco algumas zonas do país (veja as fotos), deixando outras sob avisos face à queda de neve, vento, precipitação e agitação marítima.

  • Sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, estão os distritos de Lisboa e Leiria devido à previsão de agitação marítima forte (até às 21h00 desta sexta-feira).
  • Também devido à agitação marítima, sob aviso laranja estão as zonas costeiras dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Setúbal, Beja e Faro, o norte da Madeira e Porto Santo ( até às 00:00 de domingo).
  • Sob aviso amarelo estão para os distritos de Braga, Vila Real, Viana do Castelo, Porto, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco devido à queda de neve acima de 1.400/1.600 metros, descendo gradualmente a cota para 700/900 metros (até às 06:00 de domingo). Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco também estão sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte de noroeste, com rajadas até 95 quilómetros por hora nas terras altas (até às 06:00 de sábado),

A neve que caiu durante a madrugada e a manhã de hoje afetou algumas vias do distrito que chegaram a estar cortadas, como o Itinerário principal (IP4), a partir do nó da Campeã (concelho de Vila Real), as estradas nacionais 101(Mesão Frio – Amarante) e 312 (Carreira de Lebre – Ribeira de Pena), a Estrada Regional 311 (Boticas – Montalegre) e a Estrada Municipal 520 (Carvalhelhos – Alturas de Barroso).

Com circulação condicionada estiveram a Autoestrada 4 (A4), saída do Túnel do Marão (Vila Real) e as estradas nacional 304 (Campeã – Alto do Bolão) e 206 (serra da Padrela).

Por precaução devido à neve, as escolas ficaram fechadas em Montalegre e Vila Pouca de Aguiar e, em concelhos como Boticas e Valpaços, alguns transportes escolares provenientes das zonas mais altas não se realizaram.

Entre as 00:00 e as 12:00 de hoje, a Proteção Civil já registou 144 ocorrências, a maioria relacionadas com a queda de árvores e neve. Por essa razão, e por prevenção, as autoridades deixam alguns alertas à população:

  • A desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais;
  • A adoção de uma condução defensiva, face à possibilidade de formação de lençóis de água e gelo nas vias;
  • Evitar circular em vias com acumulação de neve;
  • Especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas sujeitas a inundações rápidas;
  • Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.