Groenewegen, de 25 anos, cumpriu os 138,5 quilómetros que começaram e terminaram em Saint-Germain-en-Laye em 3:17.35 horas, batendo sobre a meta Ewan, segundo, e o holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick Step), terceiro.

O holandês conseguiu a terceira vitória da temporada, depois de ganhar uma etapa na Volta à Comunidade Valenciana e outra na Volta ao Algarve, na chegada a Tavira.

Único ciclista luso em prova, Amaro Antunes (CCC) foi 71.º, perdendo 1.02 minutos para o vencedor devido a cortes no pelotão, que afastaram vários outros nomes com ambições a disputar a vitória final, como o vencedor de 2018, o espanhol Marc Soler (Movistar), o colombiano Miguel Ángel López (Astana) ou o italiano Diego Ulissi (UAE Emirates).

Na segunda-feira, a segunda etapa liga Les Bréviaires a Bellegarde ao longo de 163,5 quilómetros, com um percurso plano que deixa antever nova luta dos velocistas pelo triunfo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.