"Imagine que poderia votar nas eleições para a escolha do Presidente Americano, em quem votaria?" Esta foi a pergunta que a Win Gallup International, network internacional à qual a Marktest se encontra associada, colocou aos habitantes de 45 países do mundo.

Portugal foi o país que deu maior vantagem a Hillary Clinton sobre Donald Trump, no conjunto dos 45 países inquiridos. Na sondagem conduzida pela Marktest, 85% dos portugueses votariam Clinton, 5% Trump e 10% não sabem ou não responde à questão.

Em termos globais, 59% dos inquiridos votariam em Hillary Clinton para próxima Presidente dos Estados Unidos, 25% em Donald Trump enquanto 16% não sabe ou não responde à questão. Hillary Clinton venceria destacadamente na generalidade dos 45 países onde a sondagem foi realizada e apenas na Palestina e na Rússia Donald Trump sairia vencedor, com 40% e 33% de intenções de voto, respetivamente.

Os cidadãos que serão efetivamente chamados às urnas são os que se mostram mais indecisos. Embora Hillary Clinton tenha vantagem sobre Donald Trump, a diferença entre ambos é a mais pequena no conjunto dos países onde esta sondagem foi realizada. Nos Estados Unidos, 48% votaria Clinton, 41% Trump e 11% não sabe ou não responde.

“Qual o impacto da escolha do Presidente Americano no que acontece no seu país?”, foi outra das questões colocadas nesta sondagem, à qual 20% dos portugueses respondeu que o impacto era muito elevado, 60% elevado, 15% que o impacto era reduzido, 1% que não havia impacto e 4% não sabe ou não responde à questão.

Analisando o peso da influência americana nos interesses económicos mundiais, 30% dos portugueses consideram que os interesses económicos americanos devem ser prioritários para o próximo presidente americano; 5% afirma que os interesses da população mundial devem ser tidos em maior consideração do que apenas os interesses americanos; 61% da população portuguesa considera que a prioridade deve ser dada de igual forma aos interesses da população do mundo e dos americanos e 4% não respondeu ou não sabe.

O estudo da Win Gallup foi realizado entre Agosto e Setembro de 2016, junto de uma amostra de 44 194 entrevistados, residentes em 45 países de todas as regiões do Mundo. A apresentação dos resultados totais desta sondagem foi feita pela Gallup no congresso da ESOMAR.

Em Portugal, a Marktest, empresa associada da WIN-Gallup International, foi a responsável pela recolha de informação, que consistiu num estudo online junto de uma amostra de 516 indivíduos com 18 e mais anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.