Em declarações à agência Lusa, Raul Risso adiantou que "os três homens apresentavam sinais de hipotermia, sendo que um deles se encontrava em estado de choque e outro tinha cortes na cara e nos membros inferiores".

Os três homens foram socorridos pela Polícia Marítima e encaminhados para o hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

Segundo explicou o capitão do porto de Viana do Castelo e comandante da PM, o alerta foi dado às 19:45, a cerca de 800 metros a sul do molhe de entrada na barra daquela cidade, junto à praia do Cabedelo, numa zona de afloramentos rochosos".

"A embarcação ficou sem motor. Os três tripulantes foram empurrados pela rebentação e deram à praia. Foram resgatados pelos meios da Polícia Marítima. Após terem sido socorridos foram enviados para o hospital", referiu Raul Risso.

Segundo aquele responsável, a embarcação 'Ramas' "estaria a entrar na barra para se fazer à marina".

Segundo Raul Risso "estão em curso operações para resgatar a embarcação e a colocar a salvo da maré".

Ao local compareceram seis operacionais da PM, apoiados por uma embarcação semirrígida, 14 homens e sete viaturas dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Viana do Castelo e meios do INEM.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.