A Procuradoria-Geral do Estado de Michoacán disse, na sexta-feira, ter contado 22 corpos, embora o trabalho continue no fim de semana para verificar se existem mais sepulturas.

O cemitério clandestino foi descoberto no sábado passado, numa aldeia conhecida como Los Negritos, no município de Michoacán de Villamar, um destino turístico devido à existência de águas termais.

O México enfrenta uma onda de violência com homicídios, desaparecimentos e insegurança.

Já este ano, o estado de Michoacán contabilizou 1.385 homicídios violentos relacionados com o crime organizado, de acordo com as autoridades.

No ano passado, as autoridades mexicanas registaram 33.308 homicídios, depois de dois anos muito violentos, com 34.690 assassínios em 2019 e 34.554 em 2020.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.