Em declarações aos jornalistas, Eduardo Cabrita afirmou que na reunião da Estrutura de Monitorização da Situação de Alerta e de Contingência devido à pandemia de covid-19 foi feita uma avaliação destas equipas, que têm “procedido as visitas aos lares”.

“Nos próximos dois meses todos os lares serão visitados por estruturas da proteção civil, saúde e segurança social”, disse.

O ministro explicou que o papel destas equipas, que integram estruturas da saúde, segurança social e da proteção civil, tem a ver com o acompanhamento regular dos planos de contingência nos lares de idosos e se estão a ser aplicados.

A estrutura de monitorização faz o acompanhamento e produz informação regular sobre a evolução das situações em vigor no território do continente, integrando representantes da GNR, PSP, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, bem como secretários de Estado das áreas governativas da Economia, dos Negócios Estrangeiros, da Presidência do Conselho de Ministros, da Defesa Nacional, da Justiça, da Administração Pública, da Educação, do Trabalho, da Saúde, do Ambiente, das Infraestruturas e Habitação e da Agricultura

Em Portugal, morreram 1.855 pessoas dos 62.813 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.