Raduan Nassar era um dos escritores de oito países confirmados para participar no Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos, que vai decorrer na vila entre os dias 19 e 29.

O autor alegou motivos “exclusivamente de saúde” para cancelar a sua participação no evento e apresentou desculpas pelos “transtornos” decorrentes desta desistência.

Em comunicado, a editora Penguin Random House lamenta não se concretizar a “oportunidade única de trazer a Portugal um dos mais aclamados autores da língua portuguesa”, embora o autor tivesse “dado indicações que só participaria na condição de não dar entrevistas”.

Raduan Nassar é natural de Pindorama, interior de São Paulo, descendente de libaneses.

O autor publicou o primeiro romance, “Lavoura Arcaica”, em 1975 e, em 1984, anunciou o abandono da literatura para se dedicar à agricultura e à criação de coelhos.

O Folio levará este ano a Óbidos, para além dos portugueses, escritores do Canadá, Croácia, Brasil, França, Hungria, Colômbia e Espanha.

Anaïs Barbeau-Lavalette, Joseph Boyde, Rosemary Sullivan e Patrice Lessard são os nomes confirmados no âmbito de uma parceria com o Festival Littéraire International de Montréal [Canadá] - Metropolis Bleu.

Já a Sociedade de Escritores Croatas levará Sibila Petlevski e Ivana Bodrozic.

De França, participarão Laurent Binet e Maylis de Kerangal; da Hungria Viktor Sebestyen; da Colômbia Jerónimo Pizarro e Plínio Apuleyo Mendoza, e de Espanha Fernando Aramburu, Dolores Redondo, J. A. González Sainz e César Antonio Molina.

Entre os autores portugueses destaque para Mário de Carvalho, Dulce Maria Cardoso, Carlos Querido, Mário Cláudio, Henrique Monteiro, Anabela Mota Ribeiro [que foi curadora da Folia nas anteriores edições] e Pedro Norton, a par com escritores como José Milhazes que este ano integrará a programação da Fundação Francisco Manuel dos Santos nas mesas de autores do festival.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.