Escreve o El País esta terça-feira, 12 de maio, que os viajantes que chegarem a Espanha terão de cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias a seguir à chegada, segundo um decreto hoje publicado no Boletim Oficial do Estado.

Assim, qualquer pessoa que chegue a Espanha proveniente de outro país a partir da próxima sexta-feira, 15 de março, será obrigada a permanecer no seu domicílio ou alojamento, devendo limitar as suas deslocações para a aquisição de bens essenciais como comida, medicamentos ou bens de primeira necessidade ou para aceder a serviços essenciais, como no caso dos serviços de saúde.

Nas deslocações a locais públicos, o uso de máscara é obrigatório.

Estão excluídos desta obrigação os trabalhadores transfronteiriços, funcionários de transportadoras e profissionais de saúde que se desloquem ao país para exercer atividades profissionais — desde que não tenham estado em contacto com pessoas infetadas com covid-19.

Num documento hoje publicado, o Ministério do Interior Espanhol restabelece igualmente o controlo de fronteiras aéreas e marítimas, sendo apenas autorizada a entrada no país de cidadãos espanhóis, residentes em Espanha, trabalhadores transfronteiriços, diplomáticos e pessoas que se desloquem ao país por motivos de força maior.

A Espanha é o país europeu, e segundo no mundo, que registou mais casos de pessoas infetadas (mais de 227 mil casos) com o novo coronavírus, tendo ainda 26.744 vítimas mortais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.