“Estamos em discussões com o governo Sul-Africano e a explorar opções para solicitar uma revisão desta decisão”, disse, em declarações à Lusa, Robert Mearkle, porta-voz da Embaixada dos Estados Unidos em Pretória.

Robert Mearkle disse ainda que a declaração emitida terça-feira pelo ministro da Justiça e Serviços Correcionais da África do Sul, Michael Masutha, autorizando a extradição de Manuel Chang para Moçambique, foi uma “desilusão”, apesar de o pedido de extradição norte-americano ter sido o primeiro a dar entrada na justiça sul-africana.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.