Bai Yun, a panda gigante de 27 anos, e o seu filho de seis anos, Xiao Liwu, serão repatriados para a China no final de abril. Os pandas foram emprestados ao jardim zoológico americano como parte de um acordo de preservação a longo prazo que está a chegar ao fim.

"Embora estejamos tristes com a partida destes pandas, temos grandes esperanças para o futuro", disse Shawn Dixon, diretor de operações do San Diego Zoo Global, em comunicado divulgado na segunda-feira.

"Em sintonia com os nossos colegas na China, o San Diego Global Zoo está pronto para se comprometer com a próxima etapa do programa", disse Dixon.

Os animais acabaram por se tornar a atração principal do jardim zoológico, um dos poucos nos Estados Unidos a ter pandas gigantes.

A espécie estava ameaçada de extinção quando o zoo se aproximou da China, há 25 anos, como parte de um programa de conservação.

Hoje, os pandas são classificados como uma espécie vulnerável, o que significa que, embora a espécie ainda esteja ameaçada, os esforços de preservação ajudaram a reduzir o perigo da extinção.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.