"Já foram retirados seis corpos, a ata de entrega já foi feita por parte da Agência Nacional de Mineração (ANM) à Sijin (Seção de Investigação Criminal da Polícia), e estamos à espera de que chegue o veículo que irá que transportá-los para o Instituto Médico Legal de Medellín para acabar de os identificar", declarou à AFP a secretária dessa entidade, Liz Álvarez.

"A outra pessoa deixou o local por conta própria e está num hospital em observação", acrescentou.

De acordo com um comunicado do órgão, das seis vítimas da explosão duas eram da empresa de consultoria de gestão Serviandes e quatro eram especialistas em segurança, ainda que não tenham especificado por que motivo estavam a inspecionar esta mina.

A explosão ocorreu em Los Asientos, no município de Buriticá, Antioquia, às seis da tarde de sexta-feira (28/07). O resgate dos corpos terminou este sábado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.