De acordo com a Faculdade de Belas-Artes, sucessora da então designada Academia de Belas-Artes, na terça-feira de manhã inicia-se o programa das comemorações com o colóquio “Jornada Científica”, para cuja abertura foi convidado o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Na sessão de abertura do colóquio, pelas 10:30, segundo a FBAUL, vão estar ainda o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, o ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, o reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra, o presidente das Belas-Artes, Victor dos Reis, e o presidente da Faculdade de Arquitetura, João Pardal Monteiro.

Ao longo de terça e quarta-feira, no colóquio, será evocada a obra de antigos presidentes da Academia de Belas-Artes – José de Figueiredo, Reynaldo dos Santos e Raul Lino – e vão decorrer mesas redondas sobre o ensino artístico.

Miguel Faria, Eduardo Duarte e Maria João Neto vão falar, respetivamente, sobre “Propostas teóricas e institucionais do Ensino Académico das Artes em Portugal”, “A Academia até 1910: instalações e equipamentos, paradigmas do ensino artístico, desenvolvimentos teóricos e medidas de proteção e restauro do património”, e “Dos Conselhos de Arte e Arqueologia à refundação da Academia Nacional de Belas-Artes e à definição da sua missão”.

As relações entre os jovens artistas e as instituições de arte — questões de criação artística, curadoria e programação cultural também vão ser alvo de debate numa das mesas-redondas.

No âmbito das celebrações dos 180 anos, vão ser realizadas visitas guiadas ao público ao acervo das coleções da FBAUL, nomeadamente de pintura, desenho antigo, gravura antiga e contemporânea.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.