O ex-marido de Cristina Branco, Tiago Salazar, divulgou o sucedido no Facebook.

"Ontem morreu a filha do Tony Carreira a quem, sem o conhecer, só posso expressar a minha dor solidária. Podia ter morrido a minha filha mais nova e a sua mãe", escreveu.

"Efectivamente estiveram as duas envolvidas no choque em cadeia na A1 em Santarém e, felizmente, saíram apenas com fracturas ósseas, deste acidente que há a lamentar a morte de uma menina, e tudo o resto não releva de importância de apontar o dedo", pode ler-se.

"Não há nenhum medo que me assole como o de perder um filho ou quem amo. E, porém, morre-se com uma facilidade extrema. Daí só poder dizer que amem e digam que amam e amem o mais e melhor que possam cada instante das vossas vidas. Só de saber do acidente já foi o suficiente para me sentir como quem choca num paredão", concluiu.

A fadista, por sua vez, não partilhou nada sobre o tema. “Sobre a minha vida, como sempre, mantenho privada. Envio as minhas condolências e peço paz e respeito pela família da Sara Carreira”, disse apenas numa frase que a sua agência, a Arruada, enviou ao SAPO24.

A cantora Sara Carreira, filha do músico Tony Carreira, morreu no sábado, vítima de um acidente de viação. O ator e cantor Ivo Lucas, de 30 anos, também seguia na viatura e foi transportado para o hospital com ferimentos graves.

A colisão entre quatro veículos ligeiros ocorreu às 19:00 de sábado na Autoestrada (A1), que esteve cortada ao trânsito até às 00:51 entre os nós de Santarém e do Cartaxo, disse fonte da GNR à agência Lusa.

O acidente causou a morte da jovem de 21 anos, cujo óbito foi declarado no local, e três feridos.

O ferido grave e os dois ligeiros foram transportados para o Hospital de Santarém, disse à Lusa fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Santarém.

No local, estiveram 30 operacionais e 11 viaturas, entre os quais meios dos bombeiros de Pernes e de Santarém, dos Sapadores de Santarém, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Santarém e a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Torres Novas.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a família de Sara Carreira agradece o “carinho”, o “amparo” e as mensagens que tem recebido, mas pede “humildemente a todos, sobretudo à comunicação social”, que lhes permitam uma despedida com privacidade.

“Neste momento em que nos invade uma dor imensa e uma tristeza profunda, pedimos humildemente a todos, sobretudo à comunicação social, que nos permitam despedir da nossa Sara com a paz e com a privacidade que a nossa família neste momento precisa”, afirma a nota, sublinhando que “deve haver poucos momentos de dor que se assemelhem à perda de uma filha, uma irmã, uma menina, uma princesa”, referem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.