O problema terá ocorrido nas mangas 42 e 43, com voos oriundos de Dakar (Senegal) e Praia (Cabo Verde), explicam fontes aeroportuárias contactadas pelo SAPO24. Os passageiros deviam ter saído pelo sexto piso, porém, saíram pelo quinto, espoletando o alerta de segurança. Entretanto, todos os passageiros foram já identificados, adianta a mesma fonte.

A mesma fonte nega que tenha havido uma evacuação do aeroporto: não houve uma evacuação, houve sim redirecionamento dos passageiros.

Fontes aeroportuárias confirmam que entretanto o aeroporto já regressou à normalidade.O SEF, confrontado com o problema, agiu prontamente no sentido de resolver a situação o mais depressa possível, o que aconteceu em cerca de 35 minutos, apesar das longas filas.

A mesma fonte explica que houve um problema no processamento destes grupos de passageiros, depois de no desembarque terem sido direcionados para um piso destinado ao embarque de passageiros Não-Schengen, quando deveriam ter seguido para um piso de desembarque Não-Schengen.

Schengen é o espaço europeu de livre circulação de pessoas.

Fonte do Ministério da Administração Interna disse à agência Lusa que devido ao erro, os passageiros de um voo proveniente do Senegal misturaram-se com os outros, sem terem sido submetidos aos controlos habituais de segurança para passageiros de fora da Europa.

Assim, a zona internacional do aeroporto teve de ser isolada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) para as autoridades poderem proceder à verificação documental de todos os passageiros.

A fonte do Ministério da Administração Interna esclareceu que se tenha tratado de um problema de segurança nacional, mas informou que o incidente provocou atrasos no funcionamento regular do aeroporto, sem avançar números sobre os passageiros envolvidos ou voos foram afetados, remetendo mais informações para a ANA - Aeroportos.

Ao SAPO24, fonte da PSP remeteu esclarecimentos para a ANA Aeroportos, a entidade que gere estas infraestruturas em Portugal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.