A escola Airline Training Center Arizona (ATCA), localizada no sudoeste dos Estados Unidos, é uma filial da companhia Lufthansa, que, por sua vez, é a casa mãe da empresa aérea lowcost Germanwings, para a qual o copiloto Andreas Lubitz trabalhava. O anúncio do processo foi feito pela firma de advogados Kreindler e Krendler, que representa as famílias junto a outros advogados europeus.

O avião foi derrubado intencionalmente por Lubitz nos Alpes franceses, perto da localidade de Vernet, acabando com a vida das 150 pessoas a bordo (144 passageiros e seis tripulantes, incluindo ele mesmo). Lubitz aproveitou a ausência temporária do piloto da cabine para se trancar nela e iniciar a descida fatal do avião. Os investigadores franceses descobriram que Lubitz sofria de problemas psicológicos desde 2008, quando começou a formação, mas continuou a pilotar. No relatório final, os especialistas pediram um aumento dos controlos médicos dos pilotos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.