Com o mote “Todos os dias são necessárias 900 a 1.000 unidades de sangue – Dê sangue no verão”, a FEPODABES espera convencer os portugueses a darem sangue nesta altura do ano.

A campanha arranca no dia 28 de julho e pretende também aproveitar o facto de estar a registar-se um rejuvenescimento entre os doadores, com “muitos jovens” a darem sangue pela primeira vez.

“É necessário fidelizá-los e fazer com que cada dador faça a sua dádiva regular, assim duas vezes ao ano”, defendeu o presidente da FEPODABES, Alberto Mota, citado no comunicado enviado às redações.

Segundo o responsável, tem havido um “aumento na frequência relativa de dadores no grupo etário dos 18 aos 24 anos”, salientando que a “distribuição nos grupos etários mostra um rejuvenescimento da população de dadores”.

A federação lembra que no verão os hospitais continuam a precisar de sangue para dar resposta às necessidades dos doentes e pede a todas as pessoas com mais de 18 anos, mais de 50 quilos de peso e que sejam saudáveis para fazerem dádiva de sangue.

A campanha decorre até ao dia 30 de agosto, em vários locais do país, e “pretende ser um contributo adicional para reforçar as reservas de sangue e componentes sanguíneos neste período de férias”.

Os locais e horas para a dádiva estão disponíveis na página da internet da FEPODABES, estando previstas recolhas na Marinha Grande, Sesimbra, Poceirão, Almeirim, Vialonga, Peniche, Seixal, Moscavide e Portela, e Foz do Arelho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.