Em comunicado, a Câmara do Porto adianta hoje que os festejos de São João vão obrigar a condicionamentos de trânsito na noite de 23 para 24 de junho, razão pela qual aconselha a utilização de transportes públicos para uma "melhor mobilidade e segurança".

Depois de dois anos de interregno devido à pandemia da covid-19, as festividades do São João regressam “descentralizadas” por três palcos da cidade e com o fogo de artifício a ser lançado a partir do rio Douro.

O habitual palco na Avenida dos Aliados será, este ano, substituído por três palcos: um na praça do Rossio nos Jardins do Palácio de Cristal, outro no Largo Amor de Perdição (na zona da Cordoaria) e por último, um na praça da Casa da Música.

Os festejos vão obrigar a condicionamentos de trânsito na zona da Baixa, Casa da Música, Cordoaria e ponte Luis I.

Na baixa, o trânsito estará interdito, entre as 20:00 do dia 23 às 03:00 do dia 24 de junho, na rua D.Pedro V, rua da Piedade, praça da Galiza, rua da Torrinha, rua de Aníbal Cunha, rua de Sacadura Cabral, rua de Álvares Cabral, praça da República, rua de Gonçalo Cristóvão, rua de Santa Catarina, rua da Escola Normal, rua de D. João IV, rua de S. Vítor, alameda Basílio Teles, viaduto Cais das Pedras, rua de Monchique, rua Nova da Alfândega, rua da Reboleira, cais da Ribeira, avenida Gustavo Eiffel e avenida Paiva Couceiro.

Nesta zona, a paragem e o estacionamento serão proibidos, entre as 14:00 do dia 23 e as 06:00 do dia 24 de junho, na avenida dos Aliados, praça do General Humberto Delgado, rua do Dr. António Luís Gomes, rua do Estevão, rua da Trindade, rua de Fernandes Tomás, rua de Alferes Malheiro, rua do Dr. Ricardo Jorge, rua dos Heróis e dos Mártires de Angola, rua de Camões, rua de Ramalho Ortigão, rua de Guilherme da Costa Carvalho, rua de Rodrigues Sampaio, largo da Lapa e na rua de Alexandre Herculano.

Na zona da Casa da Música, o trânsito estará condicionado na rua Ofélia Diogo da Costa, rua de Cinco de Outubro, rua dos Vanzeleres e na rua Helena Sá Costa.

Já na rua de Quinze de Novembro, rua Ofélia Diogo da Costa, rua de Cinco de Outubro e na rua dos Vanzeleres, a paragem e estacionamento vão ser proibidos entre as 15:00 do dia 23 e as 06:00 do dia 24 de junho.

Também na zona da Cordoaria, o trânsito estará condicionado no campo dos Mártires da Pátria. Nesta zona da cidade, serão estabelecidos sentidos únicos na rua de S. Bento da Vitória e na rua do Professor Vicente José de Carvalho.

Está também previsto um estreitamento de via na rua da Restauração entre as 20:30 do dia 23 e as 06:00 do dia 24 de junho.

Além dos condicionamentos nestas zonas da cidade, também a ponte Luís I terá restrições, estando previsto o encerramento da circulação pedonal no tabuleiro inferior entre as 19:00 do dia 23 e as 07:30 do dia 24, e o encerramento da circulação pedonal no tabuleiro superior a partir das 23:00 do dia 23 e "até que estejam garantidas condições de segurança para a sua reabertura", estimando a autarquia que a mesma ocorra por volta das 03:00 de sexta-feira.

À semelhança da circulação pedonal, também a circulação do metro no tabuleiro superior terá restrições entre as 23:45 do dia 23 e "até que estejam garantidas condições de segurança para a sua reabertura".

A Câmara do Porto sugere que a circulação pedonal entre as margens seja feita através da ponte do Infante.

No dia 23 de junho, sobem ao palco do Palácio de Cristal, pelas 20:00, Romana, Saul e Marante. Já pelas 22:00, no Largo Amor de Perdição, os foliões são Toy e José Malhoa e pelas 23:30, na praça da Casa da Música, é a vez de Chico da Tina.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.