“As nossas crianças e os mais jovens são quem propaga mais rapidamente o vírus, mesmo que não tenham quaisquer sintomas”, justificou o Presidente francês, afirmando que as escolas estarão fechadas a partir de segunda-feira até ordem em contrário.

Emmanuel Macron afirmou que as eleições se mantêm mas que as regras de segurança sanitária serão seguidas à risca e pediu ainda às pessoas com mais de 70 anos, com doenças crónicas ou deficiências que não saiam de casa para além do que é necessário.

O Presidente passou o dia reunido com o seu Conselho de Segurança consagrado à pandemia de Covid-19, tendo também ouvido o conselho científico dedicado a este vírus.

De manhã, Macron esteve com o primeiro-ministro, ministros, presidentes do Senado e da Assembleia, assim como líderes políticos e presidentes de associações de autarcas.

Em França estão confirmados 2.876 casos e 61 pessoas morreram devido ao vírus, o que faz com que o país seja o mais afetado na Europa a seguir à Itália.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.