Numa curta nota publicada na página da instituição, lê-se que o homem foi detido na quinta-feira, “no âmbito de uma investigação do DIAP [Departamento de Investigação e Ação Penal] distrital de Coimbra em articulação funcional com a Diretoria do Centro da PJ”.

“Indicia-se que, desde o ano de 2015, retirou por diversas vezes objetos postais expedidos na modalidade ‘Express mail’, que continham no seu interior artefactos em ouro e prata, em valor superior a 5.400 euros”, refere a nota.

A informação especifica também que, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de suspensão do exercício de funções.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.