De acordo com a Guarda Nacional Republicana, o valor dos cigarros apreendidos ascende a mais de nove mil euros.

Em comunicado, é explicado que, durante a operação, a Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Lisboa, encontrou “quatro caixas de cigarros” no interior de uma viatura.

“Após diligências policiais, apurou-se que as mesmas não ostentavam a estampilha fiscal exigida para a sua comercialização em território nacional”, adianta a nota.

Segundo a GNR, a introdução no consumo dos cigarros apreendidos “teria causado um prejuízo ao Estado, em sede do Imposto Especial sobre o Consumo do Tabaco (IT) e do Imposto de Valor Acrescentado (IVA), superior a sete mil euros”.

A autoridade acrescenta que foi ainda identificado um homem de 44 anos e realizado um auto de contraordenação por introdução irregular no consumo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.