Em comunicado, a GNR de Aveiro refere que foi apreendido pescado com um valor presumível de 8.700 euros.

A operação foi levada a cabo pela Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro no Porto de Pesca Costeira de Aveiro,

O objetivo da operação, explica a nota da GNR, era controlar o cumprimento das regras de descarga, transporte, comercialização e regime de primeira venda de pescado fresco.

A GNR descreve, ainda, que na viatura fiscalizada estavam 720 quilos de pescada branca, 80 quilos de linguado legítimo e 70 quilos de polvo sem qualquer documento comprovativo que justificasse que o pescado tinha sido sujeito ao regime de primeira venda, razão pela qual foi apreendido.

Na sequência desta operação, foi identificada uma mulher de 50 anos.

Esta infração pode ser punível com uma coima até aos 3.740 euros.

O pescado apreendido foi entregue à Docapesca de Aveiro para ser sujeito ao regime de primeira venda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.