Durante a atividade operacional, entre 8 e 14 deste mês, a GNR deteve ainda 70 pessoas sem carta, 16 por furto, dois por ofensa à integridade física, duas por danos e uma por violência doméstica.

A operação da GNR, que visou a prevenção e combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária, entre outras, permitiu ainda apreender 110.583 doses de haxixe, 3.268 doses de heroína, 132 doses de cocaína, 20 plantas canábis, cinco armas de fogo, 15 armas brancas, 1.088 munições de diversos calibres, 22 veículos, 5.538 artigos contrafeitos, 4.880 cigarros avulso, 120 quilos de cortiça, 1.657 quilos de pescado, 1.110 quilos bivalves e 3.255 euros em numerário.

Em matéria de trânsito, a GNR detetou 6.876 infrações, tendo registado autos por 2.133 excessos de velocidade, 488 por falta de inspeção periódica obrigatória, 469 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 406 relacionadas com tacógrafos, 337 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução e 323 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização.

Foram também detetadas 239 infrações por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças e 162 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.