Numa nota hoje divulgada, a GNR adianta que, tratando-se de um evento de grande impacto nacional e internacional com milhares de peregrinos, irá implementar um dispositivo especial e intensificar ações de patrulhamento, para apoiar e garantir a segurança dos peregrinos.

A operação, segundo a GNR, terá como principais objetivos garantir a segurança rodoviária e “a fluidez de trânsito nos acessos a Fátima; a prevenção de ilícitos, incivilidades ou alterações da ordem pública e garantir o clima de tranquilidade e segurança durante todo o evento, através de uma atuação de sensibilização e apoio aos peregrinos”.

O Comando Territorial de Santarém irá empenhar as suas valências de âmbito territorial, de trânsito, de intervenção, informações e investigação criminal, sendo ainda reforçado com meios de outras unidades da guarda, nomeadamente da valência de trânsito e inativação de explosivos do Comando Territorial de Leiria, cinotecnia, ordem pública e operações especiais da Unidade de Intervenção (UI), binómios a cavalo e patrulhas de Tourist Suport Patrol da Unidade de Serviço e Honras de Estado (USHE), valência de trânsito da Unidade Nacional de Trânsito (UNT) e ‘drones’ da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS).

A GNR aconselha os peregrinos a chegarem a Fátima atempadamente para evitar filas prolongadas, a memorizar o local onde estacionam viaturas ou a localização dos autocarros que os transportam, a não que deixem bens à vista nem documentos no interior dos veículos, que evitem andar com grandes quantias em dinheiro e que não transportem a carteira/telemóvel no bolso de trás ou na mochila, mas sim num bolso da frente ou numa bolsa com fecho que esteja sempre em contacto com o corpo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.