Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que, através dos equipamentos de visão térmica, detetou duas embarcações, que se deslocavam para a fronteira da Grécia, as quais transportavam 17 crianças, 19 mulheres e 27 homens.

Após terem sido resgatados, os 63 migrantes foram entregues às autoridades gregas.

Os militares da UCC da GNR estão destacados na ilha de Samos-Grécia, no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (Frontex).

Nesta missão, a GNR desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com o objetivo de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.