“O diploma vem permitir uma gestão eficaz de participações de capital de risco em empresas, beneficiando do respetivo potencial de valorização, com vista à sua alienação a curto prazo a investidores privados”, adianta o comunicado divulgado no final do Conselho de Ministros.

A criação do fundo “Transmissão e Alienação” pretende, assim, garantir uma gestão eficaz das participações sociais transmitidas ao IAPMEI, em resultado da liquidação de fundos de capital de risco.

O capital de risco constitui uma forma de financiamento para as PME, através do recurso a capitais próprios, por um período temporário, sendo o IAPMEI o principal financiador público de fundos de Capital de Risco.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.