“O Governo português saúda as autoridades turcas pelos resultados e reitera o seu empenho em trabalhar com a liderança política resultante da escolha soberana do povo turco no sentido de continuar a cooperação entre os dois Estados, quer no plano das relações bilaterais, quer no quadro europeu e da NATO, atenta a relação estratégica da Turquia com os seus parceiros europeus e atlânticos e num quadro de compromisso comum com o Estado de direito democrático”, lê-se num comunicado divulgado hoje pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Na mesma nota, Lisboa congratula-se com o “elevado nível de participação” e com o “empenho cívico da sociedade turca e dos diferentes partidos políticos” nas eleições turcas.

Recep Tayyip Erdogan venceu as eleições presidenciais de domingo com 53%, segundo resultados provisórios citados pela agência Anadolu.

Nas legislativas, que se realizaram juntamente com as presidenciais, o partido de Erdogan, o Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), ficou aquém da maioria, com 42% dos votos (293 assentos), mas, com os 11% (50 assentos) obtidos pelo seu atual parceiro de coligação, o partido ultranacionalista MHP, tem assegurada a maioria parlamentar na câmara de 600 deputados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.