Segundo fontes da Guarda Costeira à agência espanhola EFE, o Centro de Coordenação de Salvamento (CCS) Marítimo de Tarifa (Cádiz) recebeu ao início da manhã várias chamadas alertando para a saída de várias embarcações desde o cabo Esparter, em Marrocos.

Mobilizado o dispositivo habitual de busca, o navio Luz de Mar resgatou a bordo de um barco 38 imigrantes, entre os quais 13 mulheres e seis menores de idade.

Posteriormente, a embarcação Salvamar Arcturus auxiliou todos os ocupantes dos cinco barcos, todos eles subsaarianos.

Todos os resgatados foram transferidos para o navio Luz de Mar, que permanece no Estreito, exceto uma mulher, grávida de nove meses, que foi enviada de urgência ao porto de Tarifa e, daí, numa ambulância até ao hospital Punta Europa, de Algeciras.

Além disso, o centro de Salvamento de Algeciras recebeu o aviso de que uma embarcação tinha avistado duas pessoas a nadar a uma milha e meia da costa com mochilas às costas.

Os imigrantes, de origem magrebina, que foram recolhidos pela embarcação Aitana de Mar, foram transportados à embarcação Salvamar Denébola da Guarda Costeira e transferidos para o porto de Algeciras.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.