Volodymyr Zelensky pediu aos participantes no Fórum Económico Mundial, que começou hoje na estância de neve suíça de Davos, que seja reforçada a pressão sobre a Rússia com “sanções convincentes”, devido à guerra que iniciou na Ucrânia há três meses.

Disse que as sanções têm de ir mais longe para impedir a agressão da Rússia, incluindo um embargo petrolífero, o bloqueio de todos os seus bancos e a “retirada das empresas estrangeiras do mercado russo”, as quais convidou a participaram na reconstrução da Ucrânia.

“Isto é o que as sanções devem ser: devem ser máximas, para que a Rússia e qualquer outro agressor potencial que queira travar uma guerra brutal contra o seu vizinho saiba claramente as consequências imediatas das suas ações”, disse Zelensky, citado pelas agências internacionais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.