Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) explica que o óbito foi declarado no local pelo médico do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), após 45 minutos de manobras de reanimação, com recurso a oxigenoterapia e ao Desfibrilhador Automático Externo (DAE).

“À chegada ao local, os elementos do Projeto "SeaWatch" resgataram a vítima para fora da zona rochosa, com auxílio de um familiar e de um popular, tendo constatado que a mesma se encontrava inconsciente e apresentava um ferimento grave na zona da cabeça, iniciando de imediato as manobras de reanimação, com o apoio de dois enfermeiros que se encontravam no local, até à chegada dos Bombeiros Voluntários de Portimão e do INEM”, lê-se no comunicado.

Para o local, segundo a AMN, também foram ativados elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Portimão.

O corpo foi transportado para morgue do hospital de Portimão, após indicações do Ministério Público.

O alerta para a ocorrência foi dado às 10:29, após as autoridades terem sido alertadas por um popular que testemunhou a queda da vítima.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.