Segundo a mesma fonte, o crime com uma arma de fogo aconteceu após “uma altercação entre um cliente e um segurança da discoteca, tendo o cliente disparado sobre o segurança”. O suspeito continua em fuga, mas há a possibilidade de haver mais envolvidos no homicídio.

Fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra acrescentou à Lusa que o homem morreu depois “de um tiroteio às portas da discoteca Avenue”.

Esta fonte contou que os bombeiros foram chamados às 10:30 para limpar vestígios de sangue, tendo encontrado no local “um grande aparato policial” e o cadáver de um homem morto a tiro.

A Lusa confirmou junto da PSP de Coimbra que existiu um incidente junto à discoteca, situada na Avenida Afonso Henriques, nas imediações da Escola José Falcão, mas não foram avançados mais pormenores.

Também a PJ de Coimbra confirmou o incidente, remetendo para um comunicado que deverá ser emitido na segunda-feira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.