Em comunicado, é referido que o HFAR “recebeu, desde o dia 10 de outubro, 122 doentes covid provenientes dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

“O polo do Porto, em apoio à Administração Regional de Saúde do Norte, acolheu 106 doentes provenientes dos Hospitais de São João, Santo António, Penafiel, Amarante, Pedro Hispano, Guimarães e Famalicão”, enquanto em Lisboa foram acolhidos “16 doentes dos Hospitais Beatriz Ângelo e de Setúbal”, indica a nota.

De acordo com o Estado-Maior-General das Forças Armadas, “atualmente, encontram-se 34 doentes internados no polo do Porto e 10 doentes no polo de Lisboa” do HFAR, “estando-lhes a ser prestados os devidos cuidados de saúde”.

O comunicado assinala também que “as Forças Armadas disponibilizaram ao SNS 40 camas de internamento no HFAR-polo do Porto e 20 camas de internamento e duas camas de cuidados intensivos no HFAR-polo de Lisboa”.

Portugal contabiliza pelo menos 3.824 mortos associados à covid-19 em 255.970 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 191 concelhos.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, bem como entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.