Luís Morais, comandante dos bombeiros de Vila Verde, disse que o incêndio chegou a obrigar à retirada de casa, por precaução, de um casal de idosos que vivia numa zona isolada.

“Estamos a falar de dois focos de incêndio, separados por 500 metros, que deflagraram às duas da manhã e que tinham tudo para se juntar, o que acabou por acontecer, criando um cenário complicado. As autoridades apurarão, certamente, o que aconteceu. Mas que é muito estranho, é”, disse aquele responsável.

Luís Morais acrescentou que o combate às chamas foi dificultado pelo “forte vento” que se fazia sentir, que fez com que as chamas se propagassem para uma zona de eucaliptos.

“Três lugares estiveram rodeados pelas chamas”, disse.

No terreno chegaram a estar cerca de 90 operacionais, apoiados por 30 viaturas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.