O serviço de combate a incêndios e resgate da zona metropolitana de Manchester afirmou que o incêndio, que eclodiu na noite de domingo, afeta uma área de seis quilómetros em Saddleworth Moor, encontrando-se atualmente a alastrar.

Foram evacuadas “50 casas em vários locais por questões de segurança”, afirmou hoje Debbie Abrahams, deputada de Oldham East e Saddleworth, num comunicado divulgado nas redes sociais.

Segundo Abrahams, mais de 20 viaturas, 100 bombeiros e veículos de suporte encontram-se espalhados por seis áreas.

Grande parte do Reino Unido encontra-se atualmente sob uma vaga de calor devido ao tempo seco pouco habitual.

O responsável dos bombeiros Leon Parkes anunciou que o fogo, que já destruiu 800 hectares, encontrava-se em locais de difícil acesso, e que os bombeiros planeiam agora “um forte ataque” em que será considerado o recurso a assistência militar se tal for necessário.

Angela Brown, residente na área evacuada de Carrbrook, disse ter visto “cinza a cair como chuva” do forte incêndio, “que se aproximava mais e mais”.

“Podíamos ver as chamas de 15 metros, que pareciam uma bola de fogo, pela colina inteira”, afirmou Matt Lomas, outro residente que abandonou a sua casa com receio da exposição ao fumo da sua neta de oito meses.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.