Em declaração à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorros (CDOS) da Guarda avançou que o reacendimento ocorreu “ao início da tarde” em Vale de Amoreira.

Apesar de nos concelhos da serra da Estrela terem ocorrido outros incêndios rurais esta semana, este incêndio, que deflagrou na madrugada do dia 06 (sábado) na Covilhã (distrito de Castelo Branco), destacou-se pela sua dimensão, uma vez que só foi dominado uma semana depois, na noite de sexta-feira, dia 12.

Além de atingir o concelho da Covilhã, chegou a Manteigas, Gouveia, Guarda e Celorico da Beira, no vizinho distrito da Guarda, queimando um total superior a 14 mil hectares, segundo dados provisórios. Em causa está uma área de parque natural classificada.

Segundo o sítio da Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, estavam às 19:15 mobilizados para este incêndio (em toda a sua área, inclusive na parte em trabalhos de rescaldo) 661 operacionais, com 151 veículos e dois meios aéreos.

Fonte do CDOS remeteu para mais tarde mais informações.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.