Esta decisão conjunta do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, surge na sequência das previsões meteorológicas que dão para o continente temperaturas superiores a 30º a partir de sábado e elevado risco de incêndio.

Numa nota, o Governo destaca que esta decisão resulta das informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) sobre o agravamento do risco de incêndio para a globalidade do território do continente.

Decorre ainda do aviso à população da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANPC) sobre o perigo de incêndio rural, do comunicado técnico-operacional da ANPC que determina a passagem ao Estado de Alerta Especial Amarelo do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais nos distritos de Beja, Évora e Faro.

“Do comunicado técnico-operacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil que determina a passagem ao Estado de Alerta Especial Azul, que passará a ‘Amarelo’ às 00:01 de domingo, do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais nos distritos de Bragança, Castelo Branco, Guarda, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal”, adianta a mesma nota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.